ENEM

Professores analisam segundo dia de provas e dizem que questões foram mais tranquilas

Candidatos responderam a 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza. A saída, sem o caderno de perguntas, foi liberada a partir das 15h50 e os alunos puderam levar o caderno somente às 18h

11/11/2019 08h36 | Atualizada em 11/11/2019 09h37

Professores analisam segundo dia de provas e dizem que questões foram mais tranquilas

Internet

PUBLICIDADE

Professores ouvidos pela reportagem da Redação Integrada analisaram a segunda prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), ocorrida neste domingo (10). Em uma avaliação preliminar, disseram que o exame manteve o padrão de edições anteriores. 

"A prova de Matemática manteve o mesmo padrão, sem muitas novidades. Os estudantes encontraram questões contextualizadas, que podem ser aplicadas no cotidiano", explicou o professor Lobato, que leciona Matemática no Colégio Physics.

Para o professor Marcos André, que leciona Biologia na mesma instituição de ensino, a prova deste ano foi acessível e direta.

"Em Biologia não teve muita exigência, ela foi mais tranquila. Eu diria que foi uma prova similar à do ano passado, mas com menos exigência técnica, foi uma prova mais direta, mais acessível", afirmou.

Candidatos responderam a 45 questões de matemática e 45 de ciências da natureza. A saída, sem o caderno de perguntas, foi liberada a partir das 15h50 e os alunos puderam levar o caderno somente às 18h.

Cronograma do Enem:

- 13 de novembro: Publicação dos gabaritos e dos cadernos de questões, no site do Enem, aplicativo do Enem e portal do Inep.

- Janeiro de 2020: resultados individuais para quem conclui o ensino médio em 2019 na Página do Participante.

- Março de 2020: Resultados individuais dos "treineiros" e divulgação da vista pedagógica da redação na Página do Participante.

FONTE: O Liberal

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE