ASSISTA À 'AGRESSÃO'

Maria do Rosário diz ter sido agredida após esbarrar em deputado paraense

18/05/2019 08h37 | Atualizada em 18/05/2019 09h02 1 comentario

PUBLICIDADE

A deputada federal Maria do Rosário (PT), do Rio Grande do Sul, se envolveu em mais uma polêmica no Congresso Nacional, nesta quarta-feira (15). Após uma discussão acalorada com os deputados da base, a petista esbarrou propositalmente em dois deputados Julian Lemos (PSL), da Paraíba e depois no delegado Éder Mauro (PSD), do Estado do Pará.

Após simular a agressão, a parlamentar puxou o braço de Éder Mauro para tirar satisfação. Ela só não contava que estava sendo gravada por Julian Lemos, que também foi empurrado pela parlamentar. O fato ocorreu durante a audiência realizada na Câmara com o ministro da Educação, Abraham Weintraub.

1 COMENTÁRIO

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  1. Gente será que não aparece nenhumais pessoa para fazer um exame psicológica nessa mulher ..A pessoa ganha uma fortuna para fazer isso

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE