IRREGULARIDADES

Rodoviários de Marabá paralisam as atividades e reivindicam salários atrasados

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários do Sul e Sudeste do Pará, os trabalhadores do setor pedem a regularização no pagamento de salários e de tickets alimentação

10/09/2019 12h42 | Atualizada em 30/11/-0001 00h00

Rodoviários de Marabá paralisam as atividades e reivindicam salários atrasados

Internet

PUBLICIDADE

Rodoviários do município de Marabá, sudeste do estado, iniciaram uma greve na última segunda-feira (9). De acordo com a categoria, apenas 30% da frota de coletivos está circulando. Segundo a Prefeitura, cerca de 20 mil pessoas são afetadas pela paralisação.

De acordo com o Sindicato dos Rodoviários do Sul e Sudeste do Pará, os trabalhadores do setor pedem a regularização no pagamento de salários e de tickets alimentação. Segundo a categoria, os direitos estão há mais de três meses atrasados.

Desde de 2018, a categoria já fez cinco paralisações com as mesmas reivindicações. Em julho deste ano, para solucionar o problema, o prefeito de Marabá, Sebastião Miranda, disse que iria cancelar o contrato com a empresa que cuida do transporte público na cidade e abrir uma nova licitação. O processo ainda está tramitando na Prefeitura.

Em nota, a Direção das Empresas de Transporte Público de Marabá informou que foi aberto um processo administrativo no departamento de trânsito do município, que vai aguardar 30 dias para a adequação das empresas às reivindicações dos rodoviários. Caso isso não ocorra, uma nova reunião entre Prefeitura, trabalhadores e empresas deve decidir sobre o cancelamento do contrato e abertura de nova licitação.

FONTE: G1 Pará

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE