'FOCO É GERAR EMPREGO E RENDA'

Bolsonaro diz que polos de agricultura irrigada vão gerar emprego

As lideranças locais trabalharão em parceria com entidades de ensino e pesquisa, empresas públicas e privadas, bancos de desenvolvimento, entre outros

04/05/2019 15h43 | Atualizada em 05/05/2019 11h56

Bolsonaro diz que polos de agricultura irrigada vão gerar emprego

Arquivo/Agência Brasil

PUBLICIDADE

O presidente Jair Bolsonaro comentou hoje (3), em sua conta no Twiter, a portaria do Ministério do Desenvolvimento Regional estabelecendo os polos de agricultura irrigada.

“Nova Portaria 1.082/19 do @mdregional_br gere os ‘polos de agricultura irrigada’ desenvolvendo e aumentando a produtividade. Foco é gerar emprego e renda, alavancar desenvolvimento dos setores produtivos, organizando esforços e investimentos”, escreveu o presidente.

A portaria define polos de agricultura irrigada como aglomerados agrícolas irrigados onde a agricultura irrigada está presente e que tenha potencial de expansão, considerando, especialmente, disponibilidade de água e de solo.

É necessário que exista organização social na área, com associação de irrigantes organizada. As lideranças locais trabalharão em parceria com entidades de ensino e pesquisa, empresas públicas e privadas, bancos de desenvolvimento, entre outros. Os grupos gestores de cada projeto de irrigação usará recursos próprios e parcerias públicas e privadas.

Segundo o ministério, os polos de produção irrigada da Bacia do Rio Santa Maria (Rio Grande do Sul) e do Vale do Araguaia (Goiás) já realizaram a oficina de Planejamento Estratégico. O primeiro alcança cerca de 120 mil hectares nos municípios de Cacequi, Lavras do Sul, Dom Pedrito, Rosário do Sul, São Gabriel e Santana do Livramento.

Já o segundo integra mais de 100 mil hectares nas cidades de Britânia, Jussara, Santa Fé e Montes Claros de Goiás.

Em junho, será instalada a unidade da região de Cristalina (Goiás). Até o fim do ano, há a previsão de que os polos do Oeste da Bahia e o de Sorriso, este em Mato Grosso, também entrem no processo.

FONTE: Agência Brasil

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE