OPERAÇÃO ARADO

Polícia Civil prende três acusados de homicídios em São Félix do Xingu

A operação foi batizada com o nome de “Arado” para remontar a ideia de uma terra limpa em São Félix do Xingu e foi chefiada pelo delegado titular Willian Crispim

08/05/2019 18h04 | Atualizada em 09/05/2019 09h34

Polícia Civil prende três acusados de homicídios em São Félix do Xingu

Xingu Online

PUBLICIDADE

A Polícia Civil do município de São Félix do Xingu (1050 km de Belém), realizou nesta quarta-feira (8), a Operação Arado, na qual prendeu três homens acusados de homicídios naquele município. A operação foi chefiada pelo delegado titular Willian Crispim, que deu cumprimento aos mandados de prisão preventiva.

Foram presos José Antonio Fogassa Teixeira, mais conhecido como Fogoió. Ele é acusado de matar M.M.G.S, no ano de 2006 e estava com mandado em aberto. Durante a investigação, a Polícia Civil descobriu que o mesmo estava no interior de uma fazenda de um ex-prefeito e realizou a prisão.

A prisão se deu para garantir a aplicação da lei penal.

Já o segundo detido, Sinomar Mudesto Carneiro é acusado de homicídio qualificado em 2003, contra R.W.O. Sinomar foi preso em uma propriedade rural no Santa Rosa. Carneiro não compareceu às audiências, além de não conseguir ser localizado durante a tramitação do processo.

O terceiro conduzido Maurício Moura de Souza teve cumprimento da prisão preventiva, em decorrência de conversão de prisão temporária em preventiva.

A operação foi batizada com o nome de “Arado” para remontar a ideia de uma terra limpa naquele município.

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE