'OURO DE TOLO'

Polícia Civil prende homem apontado como líder de facção criminosa no Pará

Além das drogas, foi apreendido um vasto material pertencente à organização para estruturar o crime na região. O material está sendo analisado pela Polícia Civil

08/06/2019 08h31 | Atualizada em 08/06/2019 09h01

Polícia Civil prende homem apontado como líder de facção criminosa no Pará

Polícia Civil

PUBLICIDADE

A Polícia Civil do Pará deflagrou, nesta sexta-feira (7), operação "Ouro de Tolo", e cumpriu o mandado de prisão preventiva de Ailton da Silva Rodrigues, conhecido por "Nariz de Bruxa". O acusado é apontado como um dos líderes, no Estado do Pará, de uma facção criminosa. Durante a operação "Ouro de Tolo", foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e apreendidos mais de 6 quilos de "pedra de oxi"(substância derivado da cocaína) e quase três quilos de maconha. Além das drogas, foi apreendido um vasto material pertencente à organização para estruturar o crime na região. O material está sendo analisado pela Polícia Civil. 

Segundo a equipe de policiais, Nariz de Bruxa já tem passagem pelo Centro de Recuperação Penitenciário do Pará, sendo dois em regime fechado. Ele aguardava para a próxima semana a progressão de regime de cumprimento de pena para semi-aberto.

Durante a operação foram capturadas ainda mais 5 pessoas, dentre elas, um adolescente. Todos são acusados de tráfico de drogas. A Diretoria de Polícia do Interior (DPI), durante a operação, destacou 12 viaturas e convocou 48 policiais civis para combate ao crime. 

A operação "Ouro de Touro" contou com a participação da Superintendência Regional do Lago de Tucuruí, além das Delegacias de Tucuruí, Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), Delegacia de Breu Branco, Delegacia do Novo Repartimento, Delegacia de Goianésia do Pará, Delegacia de Jacundá, Delegacias de Abaetetuba e Barcarena e do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI).

FONTE: Polícia Civil

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE