SANTA IZABEL

Governo suspende visitas em presídio feminino onde familiares relatam suspeitas de maus tratos

As portarias também suspendem visitas no Complexo de Santa Izabel e no CTM II. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado de quinta-feira, 5

06/09/2019 12h54 | Atualizada em 06/09/2019 12h59

Governo suspende visitas em presídio feminino onde familiares relatam suspeitas de maus tratos

Reprodução / Depen

PUBLICIDADE

O Governo do Pará suspendeu as visitas no Complexo Penitenciário de Santa Izabel, na Central de Triagem Metropolitana II (CTM II) e no Centro de Recuperação Feminino (CRF). Advogados também só podem entrar mediante agendamento, segundo a medida publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de quinta-feira (5).

Segundo familiares, detentas do CRF estariam sendo mau tratadas em ação do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) para retomada de controle da unidade.

Já em Santa Izabel, que onde também houve relatos de tortura a detentos, a Justiça Federal determinou que a União e o Governo participem de audiência judicial para apurar as supostas ilegalidades.

De acordo com as portarias, as visitas estão suspensas no Complexo de Santa Izabel até dia 21 de setembro. Já no CTM II e no CRF, a medida deve durar por 30 dias.

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) informou que o objetivo é garantir a segurança dos internos, familiares e servidores do sistema prisional, "visando pela segurança do sistema de segurança pública em sua totalidade". Ainda segundo a Susipe,

A Susipe informou que casos omissos serão apreciados e resolvidos pelo secretário Extraordinário de Estado para Assuntos Penitenciários, Jarbas Vasconcelos.

FONTE: G1 Pará

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE