MARIA DA PENHA

Suspeito de manter ex-companheira em cárcere privado é autuado em flagrante em Marabá

Edivan havia lhe ameaçado de morte, no último domingo (20), também foi visto rondando a residência da vítima logo cedo, fato ocorreu no município de Marabá

23/10/2019 07h00 | Atualizada em 23/10/2019 08h01

Suspeito de manter ex-companheira em cárcere privado é autuado em flagrante em Marabá

Reprodução/Polícia Civil

PUBLICIDADE

A Polícia Civil do Pará autuou em flagrante, nesta segunda-feira (21), Edivan da Costa Nogueira, por praticar os crimes de cárcere privado e descumprimento de medidas protetivas contra sua ex-companheira, Gilcilene da Silva Souza. Após a equipe tomar conhecimento do desaparecimento de Gilcilene, que segundo informações teria saído para trabalhar por volta de 07:45 da manhã e desde então ainda não havia voltado, e que ainda, Edivan havia lhe ameaçado de morte, no último domingo (20), também foi visto rondando a residência da vítima logo cedo, fato ocorreu no município de Marabá.

Diante disso a equipe policial se deslocou até o trabalho da vítima onde constatou a veracidade dos fatos. Em seguida iniciaram as diligências, obtendo sucesso na localização da vítima, que foi encontrada em cárcere privado na casa do acusado. 

A ação foi realizada pela equipe e Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher e pela Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e Adolescente (DEAM/DEACA) de Marabá, sob comando da delegada Simoni Felinto.

FONTE: Polícia Civil PA

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE