SÍNODO

Presidente da Alepa participa de encontro sobre a Amazônia no Vaticano

No encerramento do Sínodo da Amazônia, o Papa Francisco anunciou a criação de um órgão dentro da Santa Sé dedicado aos cuidados com a Amazônia. O departamento deverá ficar dentro do Dicastério

29/10/2019 05h57 | Atualizada em 29/10/2019 06h57

Presidente da Alepa participa de encontro sobre a Amazônia no Vaticano

Divulgação/Alepa

PUBLICIDADE

A Pontifícia Academia das Ciências, o Consórcio de Governadores da Amazônia Brasileira e a Rede de Soluções promoveram nesta segunda-feira (28), no Vaticano (Roma), uma ampla reunião para discutir o Desenvolvimento Sustentável e os problemas ambientais na Amazônia.

O objetivo da reunião foi também dar aos governadores a oportunidade de apresentar seus compromissos com o meio ambiente.

Com o tema "Caminhos e Compromissos para o Desenvolvimento Sustentável da Amazônia", o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, Dr. Daniel Santos, esteve presente e afirmou que a presença dos Poderes Legislativos no Sínodo é  fundamental para a região Amazônica. "Podemos trazer a contribuição do Parlamento paraense na reunião do Sínodo, falando dos desafios que o cenário atual apresenta," ressaltou.

Para o Dr Daniel Santos, o Legislativo tem que ser enérgico em pautas ambientais. "Precisamos dialogar sobre os problemas ambientais na Amazônia. Temos a maior reserva ambiental e é importante que o Poder Público e Privado revejam o modelo de desenvolvimento do Brasil".

"É fundamental a preocupação, para que não haja uma tentativa de exclusão de quem tem por direito a preservação de sua cultura e de suas raízes", destacou o governador do Pará, Helder Barbalho.

O Sínodo é um encontro do Papa com líderes religiosos da região amazônica e faz propostas sobre temas ambientais e sociais. Além disso, discute como a própria Igreja Católica pode melhorar sua presença na Amazônia, para "evangelizar" os povos locais e minimizar seus problemas.

No encerramento do Sínodo da Amazônia, o Papa Francisco anunciou a criação de um órgão dentro da Santa Sé dedicado aos cuidados com a Amazônia. O departamento deverá ficar dentro do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, sob o comando do cardeal Peter Turkson, de Gana.

FONTE: Alepa

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE