CULTURA POR TODO O PARÁ

Inscrição de empreendimentos criativos termina nesta quinta

O projeto conta com a Inclusão Social, e ampliação de acessos no combate à qualquer tipo de preconceito que está intrinsecamente ligada às atividades

24/04/2019 10h16 | Atualizada em 24/04/2019 10h36

Inscrição de empreendimentos criativos termina nesta quinta

Reprodução/Internet

PUBLICIDADE

Lançado pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), o Edital de Seleção que regulamenta o credenciamento de empreendimentos criativos do Pará, destinado à primeira edição do Projeto Parque Criativo, encerrará as inscrições na próxima quinta-feira (25). O objetivo é democratizar o acesso às programações culturais e artísticas, por meio de ações de empreendedorismo criativo que fortaleçam a identidade cultural e a iniciativa popular.

Entende-se por empreendimentos criativos aqueles cujas atividades produtivas atuem na criação de um produto, bem ou serviço, no qual a dimensão simbólica determina seu valor, gerando riqueza cultural, econômica e social.

De acordo com a secretária de Estado de Cultura, Ursula Vidal, é preciso estabelecer critérios para acessar recursos públicos, e a política de editais é o caminho democrático para garantir esse acesso. "Precisamos cadastrar e identificar os empreendimentos criativos culturais e fortalecer o desenvolvimento das mais diversas cadeias produtivas, sem perder de vista seus desdobramentos no fortalecimento das potencialidades regionais”, reiterou a secretária.

Linguagens e expressões - A iniciativa integra o Programa Cultura Por Todo o Pará, uma estratégia de desenvolvimento de políticas públicas de educação patrimonial, histórica, ambiental e artística, que utiliza todas as linguagens e expressões para promover o enraizamento, a ampliação e a permanência de iniciativas e projetos de promoção social nos territórios de vulnerabilidade social.

A 1ª edição do Projeto Parque Criativo será no dia 11 de maio de 2019, das 09 às 17 h, no Parque da Residência, em Belém, e tem o apoio da Organização das Cooperativas do Brasil - Pará (OCB/PA) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O edital se dispõe a cadastrar e identificar empreendimentos criativos que tenham três vertentes principais. A primeira delas é a “utilização de matérias-primas sustentáveis amazônicas” na composição de, no mínimo, 80% dos produtos. Na sequência está o “diálogo com a cultura local”, já que a economia criativa brasileira deriva da ambiência e riqueza da diversidade cultural do Brasil. Neste sentido, os empreendimentos criativos deverão dialogar diretamente com comportamentos e expressões que colaborem para a disseminação e valorização da cultura amazônica.

A terceira vertente é a “inclusão social”, pois a ampliação de acessos no combate à violência, analfabetismo, racismo e qualquer tipo de preconceito e exclusão está intrinsecamente ligada às atividades voltadas à economia criativa. Desta forma, políticas de inclusão produtiva priorizam aqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social, por meio da formação e qualificação profissional e da geração de oportunidades de trabalho e renda.

Serão selecionados 40 empreendimentos, distribuídos entre os setores moda (vestuário e acessórios), artesanato, paisagismo/ botânica e alimentação.

Participação – Podem participar do credenciamento pessoas físicas, jurídicas ou MEI (Microempreendedor Individual), cujo ramo de atividade seja compatível ao regulamento, além de profissionais representados por uma pessoa jurídica ou MEI. Os 40 selecionados deverão participar em até 75% de presença de cursos de qualificação em marketing, precificação, atendimento e institucionalização em cooperativas, ofertadas pelo Sebrae-PA e Sistema OCB.

As inscrições são gratuitas e poderão ser efetivadas pela internet, pelo e-mail secult.credenciamento4@secult.pa.gov.br. No e-mail de encaminhamento da inscrição deve constar, por escrito, EDITAL DE SELEÇÃO nº 04, e todos os documentos solicitados deverão ser preenchidos e digitalizados para envio.

Caso o candidato prefira efetivar a inscrição por via postal, sua inscrição e documentos impressos deverão ser enviados em envelope único, com aviso de recebimento obrigatório (AR) simples. A inscrição também pode ser feita de modo presencial, no protocolo da Secult (Avenida Magalhães Barata, 830, bairro de São Braz), das 09 às 16 h.

É imprescindível que antes de dar início aos procedimentos de inscrição os interessados leiam o edital, que pode ser baixado diretamente no site da Secult - http://www.secult.pa.gov.br. Mais informações pelo telefone (91) 4009-8462.

FONTE: Agência Pará

Comente, sua opinião é Importante!

PUBLICIDADE